A surpresa do ministro com a procura dos autocarros eficientes

 

 

João Pedro Matos Fernandes, o ministro do Ambiente, apresentou na Manhã TSF números dos incentivos à compra de autocarros a gás e a eletricidade. E falou da aposta no arrendamento. Mais de 500 intenções de compra de novos autocarros é um número que deixa surpreendido o ministro do Ambiente. Os incentivos à compra de autocarros verdes, mais eficientes, agradaram tanto a operadores públicos, como privados.

Na Manhã TSF, o ministro que tem a tutela da mobilidade, explicou que os transportes têm mesmo de ser geridos pelas autarquias, e que os metros (de Lisboa e do Porto) só não podem ser incluídos nesta intenção, porque necessitam de fortes investimentos para melhorar a qualidade do serviço.

João Pedro Matos Fernandes contou, na TSF, que no debate desta segunda-feira, sobre o Programa Nacional de Reformas, decidiu centrar a temática na reabilitação e na mobilidade, mas são os temas mais urbanos.

O ministro entende que é necessário criar “condições de democraticidade de acesso ao centro das grandes cidades” e, por isso, é preciso dar “garantias e seguros de rendas aos senhorios, que coloquem as casas disponíveis para habitação”.

O ministro do Ambiente esclarece que estas ferramentas, do Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado, estão particularmente vocacionadas para as entidades públicas, mas também apoiam os proprietários privados. A ideia é apoiar a classe média no acesso a este tipo de habitação e criar condições para regressar às cidades.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *